Qual o significado da palavra " Engordar " na gestação

Raquel
Raquel
Admin
Mensagens : 356
Data de inscrição : 10/08/2013
Idade : 26
http://www.gestantesonline.com
16072014
Qual o significado da palavra " Engordar " na gestação  Gravid16

Qual significado da palavra “engordar” na gestação


No período gestacional sabe-se que a mãe engordar bastante, preocupando-a de como irá voltar o corpo quando o bebê nascer.
Muitas mamães não sabem que existe uma forte relação entre o peso dela e a saúde do bebê no momento do nascimento. 
A saúde do bebê depende, em grande parte, do peso pré-gestacional e, depois, do ganho de peso durante este período.
O ideal é que toda a mulher que esteja planejando engravidar faça uma avaliação nutricional para poder planejar, cuidadosa e individualmente, o seu ganho de peso.

Uma boa alimentação e a placenta

Tenha uma alimentação rica em nutrientes, controlada em calorias, e relaxe: mulheres saudáveis têm muito mais chances de ter filhos saudáveis. 
Para você ter uma ideia da importância de uma alimentação balanceada e dos estragos que uma dieta maluca pode provocar, o estado nutricional da mãe, antes da gestação, determinará a qualidade da placenta – responsável pelo transporte do oxigênio e de todos os nutrientes de que o feto necessita. 

E, para que ele se desenvolva e cresça adequadamente, a placenta também deve ser saudável. 
Se as reservas nutricionais da mãe estiverem inadequadas durante a fase de desenvolvimento placentário, isto é, durante os primeiros meses, não importa o quanto ela coma depois: o feto não conseguirá receber todos os nutrientes que precisa.
Muitas mulheres se preocupam exageradamente com o fato de engordar neste período. 

Mas um adequado ganho de peso durante a gestação é fundamental e necessário para a saúde do bebê e da mãe. 
Cada quilo de peso ganho já tem o seu destino certo. 
Inclusive a gordura acumulada tem uma função: ela servirá de fonte de energia para produzir leite durante a fase de amamentação. 
Se você ganhar peso através de uma alimentação saudável e rica em vitaminas e minerais, você estará formando reservas importantes e nutrindo seu filho, não apenas “engordando”.

Equilíbrio no peso

O ganho de peso da gestante depende de fatores individuais como o peso pré-gestacional, idade, atividade física e se a gravidez é de um único feto ou não. 

Um ganho de peso insuficiente é tão prejudicial quanto um ganho excessivo. 
Portanto, qual a recomendação?
Se você inicia a gestação com o peso e reservas nutricionais adequadas, deve ganhar de 11 a 14 kg. 

Durante o primeiro trimestre, o aumento de peso é menor: o feto ainda é muito pequeno e o ganho corresponde mais ao crescimento do útero e ao aumento do volume sanguíneo. 
Até o final do primeiro trimestre, você deve ganhar de 0,9 a 1,8 kg. 
A partir daí, são previstos 450 g por semana, o equivalente a 1,8 kg por mês.
Numa gravidez planejada, o baixo peso deve ser corrigido antes da concepção. 
Assim você pode repor o que é necessário e formar as reservas que serão utilizadas durante todo o período de gestação e lactação. 

Se não houver tempo de engordar, durante a gravidez será preciso aumentar a faixa de ganho para 13 até 18 kg. 
A compensação do peso também vale para quem estiver com quilos a mais.
Nesse caso, é aconselhável perder o excesso antes da gestação.
Tudo depende da qualidade da sua dieta. 

Se você iniciar a gestação com excesso de peso, deverá diminuir a faixa de ganho para 7 até 11 kg, no máximo.

Acompanhamento do peso

Mesmo que você esteja com vários quilos a mais do que era previsto nessa fase da gravidez, risque qualquer ideia que se refira a dieta.

Nas últimas semanas, então, nem pense em tentar emagrecer. 

A restrição calórica pode ser extremamente prejudicial tanto para o feto que está se desenvolvendo como para a mãe. 
Procure orientação profissional do seu obstetra ou de um nutricionista. 
Ele fará um planejamento individual para que a velocidade de ganho de peso seja um pouco menor.
Por outro lado, ganhar menos de 1 kg por mês, durante os últimos dois trimestres, pode levar ao nascimento de uma criança com baixo peso. 

Além disso, dietas muito restritas geralmente são pobres em nutrientes, justamente o que ambos mais necessitam neste momento. 
A restrição calórica também pode levar à formação de corpos cetônicos, substâncias que são prejudiciais para o desenvolvimento neurológico do feto. 

Adolescentes grávidas, mulheres que praticam muita atividade física, gestantes com gravidez múltipla devem, também, compensar uma possível carência nutricional ganhando mais peso. 
Sempre, é claro, com qualidade. 

Independentemente do caso, o acompanhamento deve prosseguir durante toda a gravidez para que padrões anormais de ganho de peso, assim como outras complicações e dúvidas, possam ser identificados e tratados.

Portanto Ganhar peso na gravidez não significa engordar.


Última edição por Jumara Borges em Qui Abr 11, 2019 10:19 am, editado 2 vez(es)
Compartilhar este artigo em:redditgoogle

Comentários

Raquel

Qual significado da palavra “engordar” na gestação

Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos